sexta-feira, 22 de Maio de 2009

Mito ou verdade: comer fruta à noite engorda?

Menos calóricas, as frutas sempre foram uma das opções preferidas quando perder uns quilinhos se torna um assunto de urgência. Acontece que a "troca" de uma refeição equilibrada por uma deliciosa maçã, por exemplo, pode ser um tiro pela culatra.

Assim como qualquer outro alimento, cada fruta possui uma quantidade certa de calorias e se consumida em exagero pode também engordar, independente do horário. "No período da noite, enquanto dormimos, o gasto calórico diminui", comenta a nutricionista Samantha Rhein. Essa diminuição, devido ao estado basal do organismo, é a vilã de quem adora comer pouco tempo antes de se deitar para dormir.

Isso significa que se você trocar aquele lanche natural de todas as noites por algumas fatias de abacaxi esperando emagrecer, você pode estar trocando seis por meia dúzia. "Não se pode dizer que frutas não engordam. O que vale é a quantidade que se come e seu valor calórico", explica a nutricionista Débora Rocha.

Comer fatias e fatias de melão poucas horas antes de dormir, por exemplo, pode ter o mesmo efeito do que a ingestão de um alimento de outro grupo qualquer - como pães e bolos. Mesmo sendo uma fruta com pouca taxa calórica (130g tem, aproximadamente, 30 calorias), se consumida em excesso ela pode engordar tanto quanto uma porção de doces.

Mas a ingestão de frutas deve ser algo rotineiro no cardápio de qualquer pessoa. Além de serem fontes de vitaminas, minerais e antioxidantes, elas ainda possuem pouca gordura, são de fácil digestão e proporcionam sensação de saciedade. "A fruta possui grande quantidade de fibra. Quando se faz o suco dessa fruta, no entando, a capacidade saciadora se perde, porque o suco não possui a quantidade de fibras da fruta in natura", comenta Samantha.

Segundo Fernanda Pisciolaro, nutricionista da Faculdade de Medicina de São Paulo, o ideal é que se coma de três a cinco porções de frutas por dia. "Não há problema em consumir a fruta à noite. Só deve se atentar para que essa fruta não seja consumida muito próxima da hora de dormir. Procure que seja, no mínimo, duas horas antes de deitar", finaliza.

Frutas com baixo valor calórico:
- Maçã
- Pêra
- Abacaxi
- Limão
- Caju
- Kiwi

Frutas com valor calórico mais elevado:
- Banana
- Laranja
- Abacate
- Coco

Fonte: http://beleza.terra.com.br/mulher/interna/0,,OI2288772-EI7601,00.html

quarta-feira, 29 de Abril de 2009

Pêssego

O pêssego Prunus persica é o fruto do pessegueiro, árvore da família das Rosáceas.
De uma forma geral, o pêssego apresenta polpa de cor branco-amarelada, casca colorida, baixo nível de acidez, rico em açúcares e caroço solto ou semi-aderente.
Ao contrário do que possa parecer, devido o seu sabor doce, o pêssego não é uma fruta calórica, tem 39 kcal por 100 gramas de porção comestível.
Destaca-se por sua riqueza de fibra que melhora o trânsito intestinal.

Como escolher o Pêssego

Na hora da compra, deve-se dar preferência aos de casca firme, mas não dura.
Ao adquiri-los não se oriente pelo tamanho, porque nem sempre o pêssego maior corresponde ao mais saboroso, ou ao de melhor qualidade.
Não compre frutos com a pele verde, isso indica um mau amadurecimento, também rejeite frutos manchados, com cortes ou outras lesões visíveis.


Doce de pêssego em calda
1 quilo de pêssegos sem a casca
½ quilo de açúcar
½ litro de água.

Modo de preparo
Primeiro, faça a calda com a água e o açúcar, Adicione à calda os pêssegos lavados e deixe ferver apenas por cinco minutos. Deixe arrefecer e guarde em recipiente esterilizado.

terça-feira, 14 de Abril de 2009

Limão

O limão é o fruto do limoeiro (Citrus x limon), uma árvore da família das rutáceas. Podemos dizer que existem cerca de 70 variedades, como por exemplo o limão 'Eureka', o limão 'Lisboa', o limão 'Lunário', 'galego', 'taiti', limão siciliano (Brasil), etc.. É originário da região sudeste da Ásia. Desconhecido para os antigos gregos e romanos, a primeira referência sobre este citrino encontra-se no livro de Nabathae sobre agricultura, datando do século III ou IV.

As suas aplicações na vida doméstica são inúmeras. Com o sumo da fruta, preparam-se refrigerantes, sorvetes, chás, molhos e aperitivos, bem como remédio e xaropes, e produtos de limpeza. Da casca, retira-se uma essência aromática usada em perfumaria e no preparo de licores e sabões.

Em filoterapia, é utilizado para diversas patologias, tais como reumático, infecções e febres , aterosclerose, combate ateromas(remove placas gordurosas das artérias), constipações, gripes, dores de garganta, acidez gástrica e úrica (alcaliniza o sangue), frieiras, caspa, cicatrizações, ajuda a manutenção de colágeno, hemoglobina, e actua como anti-séptico. O limão possui uma substância própria denominada limoneno capaz de combater os radicais lives. É, fundamentalmente, um remédio tónico que ajuda a manter a boa saúde.

Os limoeiros são árvores pequenas (não atingem mais de 6 metros de altura), espinescentes, muito ramificadas, de caule e ramos castanho-claros; as folhas são alternas, oblongo-elípticas, com pontuações translúcidas; as inflorescências são de flores axilares, alvas ou violetas, em cacho. Reproduz-se por estacas de galhos, em solo arenoso e bem adubado, de preferência em regiões de clima quente ou temperado.

Propaga-se também por sementes, que requerem solo leve, fértil e bem arejado, em local ensolarado e protegido dos ventos. Frutifica durante todo o ano, em inúmeras variedades, que embora mudem no tamanho e na textura da casca, que pode ser lisa ou enrugada, quanto à cor, variam do verde-escuro ao amarelo-claro, exceto uma das espécies, que se assemelha a uma tangerina.

Os limões que têm cor amarela ou amarelo-esverdeada, são cultivados sobretudo pelo sumo, embora a polpa e a casca também se utilizem em culinária. Os limões contêm uma grande quantidade de ácido citrico, o que lhes confere um gosto ácido. No suco de limão, essa acidez chega a um ph de 2 a 3, em média.

Os limões e as limas servem-se regularmente como limonada (sumo de limão natural com água e açucar), caipirinha ou como adorno para as bebidas alcoólicas e refrigerantes de cola com uma rodela dentro ou na borda do copo.

terça-feira, 7 de Abril de 2009

Bolo de Frutas

Ingredientes:
- 100 g de frutas cristalizadas
- 100 g de nozes
- 100 g de pinhões
- 100 g de amêndoas
- 230 g de farinha
- 100 g de açúcar
- 150 g de manteiga
- 5 ovos
- Sumo e raspa de uma laranja
- 0,5 dl de rum
- 8 cerejas cristalizadas
- Canela e açúcar em pó q.b.


Preparação:
Ligue o forno a 170º C. Unte uma forma de bolo inglês com 50 g de manteiga e polvilhe-a com 30 g de farinha. Pique as frutas cristalizadas e junte as nozes, os pinhões e as amêndoas. Regue com o sumo de laranja e o rum e reserve. Bata o açúcar com a restante manteiga e a raspa da casca da laranja. Adicione os ovos, um a um, depois a restante farinha, a canela, as frutas, e mexa bem. Deite a massa na forma e leve ao forno durante 25 minutos. Retire o bolo do forno, dê-lhe um golpe no sentido do comprimento e recheie-o com as cerejas. Leve novamente ao forno, durante cerca de 20 minutos. Retire o bolo do forno e desenforme-o, quando estiver morno. Polvilhe-o com açúcar em pó.

domingo, 5 de Abril de 2009

A Laranjeira

Descrição:
Árvore que produz laranjas, caracteriza-se por ser de pequeno porte, em torno de 8,0 metros de altura, tronco de casca acinzentada, muito ramificada de copa densa com forma arredondada.
As folhas são ovais, de textura coriácea, borda lisa, cor verde intenso, exalando perfume quando esmagadas.


As flores são pequenas, brancas, perfumadas, sendo polinizadas por abelhas, que produzem com elas um mel de excelente qualidade.

O fruto é globoso, mais arredondado conforme a variedade, de coloração verde a laranja e casca com óleo perfumado.
A polpa é aquosa com cor amarela ou alaranjada conforme a variedade e estágio de maturação.

Frutifica praticamente ao longo do ano, mais intenso de Abril a Setembro.


Modo de Cultivo :
Para plantar uma laranjeira com sucesso a época ideal é na estação mais chuvosa ou durante o inverno.

O clima melhor para cultivo fica com temperaturas entre 23 e 32 ºC, mas a resistência ao frio depende da variedade.
Regiões muito quentes, com temperaturas superiores a 32 ºC e com déficit hídrico não são adequadas para o cultivo desta planta, apesar de que a irrigação controlada poderá resolver um dos problemas.

A laranjeira conhecida como laranja-azeda, utilizada para o preparo de doces em calda e cristalizados é a variedade Citrus auranticum.


Plantio e Adubação :
A laranjeira se desenvolve bem em qualquer tipo de solo, mas os areno-argilosos têm melhor resposta.
Devem ser profundos, não plantar em solos rasos, o pH é de 6,0 a 6,5.
Se houver muita acidez corrigir com calcáreo na quantidade recomendada pela análise de solos.

Fazer a preparação da cova, maior que o torrão, adicionar areia no fundo, 5-10 litros de adubo animal curtido, 200 gramas de farinha de ossos e 200 gramas de adubo químico NPK fórmula 10-20-20, misturando com a terra para não queimar as raízes.

Não esquecer de regar.

Adubações de cobertura devem ser feitas no inverno ou no início das estações chuvosas, na projeção da copa.
Utilizar adubo granulado 10-20-20 ou similar, misturado com húmus de minhoca em sulco, não esquecendo de regar depois.


Cuidados e manutenção :
Os tratos culturais para a laranjeira são simples: corte dos ramos secos, não deixar frutos no chão e manter sem inços, colocando cobertura morta ao redor.

Manter rígida vigilância quanto à presença de formigas, pois a cochonilha é um dos principais problemas para as laranjeiras.
Quando notar cochonilhas, aplique óleo de nim ou óleo mineral, ajudará a controlar a infestação, mas será preciso eliminar as formigas também.


Fonte: http://www.fazfacil.com.br/jardim/fruta_laranja.html


quarta-feira, 1 de Abril de 2009

APAIXONE-SE PELAS FRUTAS

Segue um artigo bastante interessante sobre o poder da fruta:

Por: Izaara Carvalho Alvarenga

APAIXONE-SE PELAS FRUTAS



Todos nós sabemos a importância das frutas na alimentação, mas nem por isso conseguimos introduzi-las em nosso dia-a-dia.


Não é difícil alcançar as recomendações nutricionais para este grupo alimentar. Basta acrescentar uma porção de fruta após cada refeição do dia. Tente começar optando pelas que você já tem costume de comer. Depois com o hábito já estabelecido, ficará fácil experimentar outras variedades.


Temos o privilégio de morar em um país que cultiva centenas de espécies frutíferas. Com isso podemos adquiri-las a baixo custo, especialmente as chamadas frutas da estação. Além de saborosas, as frutas são elementos fundamentais para uma boa saúde, pois oferecem vitaminas e sais minerais que fortalecem as defesas do organismo.



6 BENEFÍCIOS NUTRICIONAIS



1. Valor Calórico: exceto o abacate, o coco e o açaí, frutas com alto teor de gorduras, ou seja, calóricas, a maioria das frutas apresenta poucas calorias, daí o aconselhamento, de nós nutricionistas, pelo consumo de frutas.


2. Teor de Água: como a melancia, que possui cerca de 90% de sua constituição em água, as frutas além de saborosas, fornecem grande quantidade de água.


3. Quantidade de Fibras: as fibras são de suma importância para o organismo, sendo as frutas, alimentos ricos nas mesmas. Apresentam também grande diversidade de consumo, em forma de sucos, vitaminas, doces, geléias, mas a melhor escolha continua sendo “in natura”.


4. Vitaminas e Minerais: as frutas são riquíssimas em vitaminas e minerais, estes, por sua vez, contribuem para um bom funcionamento do organismo como um todo.


5. Digestão Rápida: os nutrientes das frutas são absorvidos de forma rápida, o que evita a moleza que nos acomete após as grandes e gordurosas refeições.


6. Energia: o componente mais encontrado nas frutas é a frutose, carboidrato simples, que fornece energia rápida para o corpo.



PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS



Conheça algumas propriedades das frutas mais comuns:


. Banana: combate a diarréia e fornece grande quantidade de potássio.


. Laranja: fornece vitamina C, estimula o apetite, é calmante e diurética.


. Maçã: auxilia no combate às infecções respiratórias.


. Mamão: é laxante e diurético.
. Maracujá: É calmante.



É neste contexto de saúde, que espero que você desfrute do poder, da qualidade, do sabor das frutas e também de mais uma semana.


Izaara Alvarenga


Nutricionista

Perfil o autor:

Izaara Alvarenga é graduada em Nutrição, pela UNILAVRAS, em Lavras - MG. Possui grande experiência na área de Alimentação Hospitalar. Cursa Especialização na UNESP, Botucatu - SP. Com passagem por empresas de porte nacional e multinacional da Alimentação Empresarial, adquiriu extensos conhecimentos neste ramo. Na área de responsabilidade social, atua na Pastoral da Criança e no Lar Esperança e Vida Mateus Loureiro Ticle, de apoio ao portador de Câncer, em Lavras. É também Articulista dos Jornais impressos “A Gazeta” e "Jornal Agora" da cidade de Lavras e "Jornal O Movimento" da cidade de Carrancas, com a coluna “Vida Saudável”.

Fonte Artigos - Artigonal.com